segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

CAIXA ASSINA CONVÊNIO COM A FEDERAÇÃO SERGIPANA DE FUTEBOL



A Caixa Econômica Federal e a Federação Sergipana de Futebol assinam convênio de patrocínio de R$ 800 mil, confira matéria completa clicando aqui.

“O governador do Estado deu o pontapé inicial para a assinatura do convênio, para conquista desses R$ 800 mil para o futebol sergipano. Nós construímos o projeto, marcamos audiência, fomos à Brasília com Milton Dantas, presidente da Federação, conversamos com Gilberto Occhi, que chamou o setor de patrocínios da Caixa ligado à área de esportes e recomendou o pedido do governador, a federação sergipana e disse que não poderia faltar, que apesar das dificuldades, a Caixa teria que ter condições de fazer esse patrocínio. Porque muitos times de futebol, muitas federações do país todo já haviam recebido esse patrocínio, Sergipe nunca teve essa oportunidade”, destacou o governador Jackson Barreto, durante a solenidade de assinatura do patrocínio de R$800 mil da Caixa Econômica Federal à Federação Sergipana de Futebol para a realização do Campeonato Sergipano da Divisão Especial, o Sergipão 2017. O evento aconteceu na noite desta sexta-feira, 10, no hotel Radisson.

Desde o início do processo para obtenção do patrocínio, Jackson se empenhou pessoalmente para trazer o benefício ao futebol sergipano. A conquista foi fruto de inúmera idas do governador a Brasília e reuniões que teve com o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi. “Sinto-me muito feliz que, na minha gestão, o futebol sergipano tenha recebido o maior patrocínio de sua história e sinto-me satisfeito também com o meu papel nesse processo. O governador do Estado se colocou desde o início a favor da Federação e do futebol sergipano na busca desses recursos e éramos, até então, o maior apoiador do futebol sergipano”, lembrou Jackson.

O governador elogiou ainda a atuação de Milton Dantas à frente da Federação e o papel de Gilberto Occhi para a obtenção dos recursos. “Milton Dantas está cumprindo muito bem seu papel, a Federação mudou e a atuação de Milton Dantas é o maior testemunho dessa mudança. É um patrocínio que vai fortalecer o futebol do nosso estado e quero agradecer à Caixa Econômica e a Gilberto Occhi. Nós abrimos as portas da Caixa Econômica graças ao coração de Gilberto Occhi”, defendeu.

O gerente regional da Caixa Econômica Federal, Ricardo Porto de Miranda, que esteve no evento representando o superintendente Marco Queiroz, disse que a união das forças políticas do estado e a atuação do governador foram decisivos para o sucesso da empreitada. “Acima de tudo, foi a parceria do Governo do Estado que contribuiu para esse momento. O presidente da Caixa se sensibilizou com a situação do futebol sergipano e não poderia deixar de fora a oportunidade de estar junto aos sergipanos.”.

Em seu discurso, o presidente da Federação Sergipana de Futebol agradeceu ao governador por ter acreditado no projeto e o acompanhado nas reuniões em Brasília para obtenção do patrocínio. “No primeiro momento que estivemos em Brasília acompanhados do governador, fomos bem recebidos, foi sinalizado, o presidente da Caixa disse que teríamos o patrocínio. Foi uma caminhada longa, ao lado das lideranças do nosso estado e quem vai ganhar com isso é a sociedade sergipana e o futebol sergipano”.

O primeiro passo para a independência do futebol sergipano, foi assim que o presidente do Sergipe, Sílvio Santos, analisou o convênio que irá proporcionar a redução dos custos do campeonato. “É de uma importância imensa. É a primeira vez que a gente tem um patrocínio de peso que pode desafogar os clubes e os custos do campeonato e ainda com a possibilidade de os clubes receberem alguma contribuição financeira fruto desse acordo. Significa um primeiro passo para a independência do futebol sergipano, hoje, comparado com outros estados, estamos atrasados, justamente porque os clubes necessitam demais dessas cotas financeiras para nossa sobrevivência. Então nós estamos entusiasmados com esse primeiro contrato com a Caixa porque significa o início da libertação do futebol sergipano”, explicou.

A opinião foi também reforçada pelo presidente do Botafogo de Cristinápolis, Osivânio Gonzaga. “Esse patrocínio é bom para ajudar os clubes, principalmente porque irá fortalecer o campeonato sergipano”, evidenciou.

O secretário de esportes do município de Aracaju, Jorge Araújo Filho, viu o patrocínio como uma iniciativa extremamente louvável da Caixa e de todos os envolvidos. “Temos que louvar à Caixa Econômica, à Federação Sergipana de Futebol e a Milton Dantas, pela maneira como ele foi atrás desse patrocínio, tendo o apoio do governador Jackson Barreto. Nós da Secretaria do Município achamos que uma Federação de Futebol forte reflete em clubes de futebol fortes e futebol aracajuano forte também”.

Patrocínio

Com a assinatura do patrocínio de R$800 mil, a Caixa Econômica Federal se tornou patrocinadora máster do Campeonato Sergipano de Futebol de 2017. Os recursos serão utilizados para promover o Campeonato Sergipano da Divisão Especial, beneficiando todos os clubes, e a apoiar a participação de Confiança, Sergipe e Itabaiana nos campeonatos brasileiros da séries C (Confiança) e D (Sergipe e Itabaiana).

O patrocínio se destina à Federação, que irá ratear os valore entre os clubes que participam do Campeonato Sergipano e entre Confiança, Sergipe e Itabaiana em suas participações nas séries C e D.

Durante o Campeonato, a marca da Caixa aparecerá em todos os estádios onde houver jogos e através de ações ecológicas de conscientização ao torcedor. A logomarca Loterias Caixa estampará os uniformes de Confiança, Sergipe e Itabaiana nos campeonatos da Série C e D. Sergipe e Itabaiana usarão a logomarca Loterias Caixa também em seus jogos da Copa do Brasil. Trata-se do maior contrato de patrocínio já firmado no futebol sergipano.

Presenças

Estiveram presentes na solenidade, o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto; os deputados federais Fábio Mitidieri e André Moura; o os deputados estaduais, Luciano Bispo (presidente da Assembleia Legislativa)  e Robson Viana; o presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Nitinho Vitale; o empresário Augusto Franco Neto, dirigentes dos clubes sergipanos de futebol e imprensa esportiva.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.