quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Eduardo Cunha diz que "não vê espaço" para impeachment

Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta quarta-feira que “não vê espaço” para a discussão sobre um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O peemedebista disse que o governo da petista foi legitimamente eleito e disse que o debate não terá seu apoio.

Continue lendo, clique aqui.

“Sempre fui muito claro com relação a este assunto e vou continuar sendo. Não vejo espaço para isso, não concordo com esse tipo de discussão e não terá o meu apoiamento”, opinou o presidente da Câmara, que é responsável por dar andamento ou não a eventual pedido de impeachment.

Líder de rebeliões de partidos da base aliada na Câmara dos Deputados, Cunha salientou que sua postura de independência do Palácio do Planalto não tem relação com o debate. Manifestações foram marcadas em todo o País para o dia 15 de março em defesa da saída da presidente, em meio a denúncias de corrupção na Petrobras. 

“O governo está legitimamente eleito. Não dá para você, no início do mandato, querer ter esse tipo de tratamento neste processo. Não concordo”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.