segunda-feira, 25 de agosto de 2014

MARINA: "NENHUM COMPROMISSO COM O POVO"

“Quem te viu… A presidenciável Marina Silva (PSB), que agora defende as principais bandeiras do mercado financeiro, já foi uma adversária radical das privatizações, do pagamento da dívida externa e do Plano Real. Em discursos como senadora do PT, no governo Fernando Henrique Cardoso, ela associou a venda de estatais à alta do desemprego e acusou os bancos de serem “vorazes por lucro” e sem “nenhum compromisso com o povo”. Marina também votou contra a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Quem te vê… A guinada liberal da candidata começou na eleição de 2010, quando ela prometeu manter o chamado tripé macroeconômico e passou a elogiar FHC. Agora a presidenciável vai além, prometendo até a autonomia do Banco Central.”

Acima pequena parte da coluna Painel, da Folha. Das duas, uma. Ou agora Marina acha que bancos tem algum compromisso com o povo ou a própria Marina não tem mais nenhum, não é? Afinal, a coordenadora de seu programa de governo é ninguém menos do que Neca Itaú Setubal, uma das donas do Baco Itaú. Que aliás, deu longa entrevista como sua porta voz econômica. E nem é a única banqueira na equipe de Marina. Banqueiros tucanos desembarcam por lá, também.

Marina anda prometendo pontos que agradam ao “mercado”, os bancos. Como um Banco Central Independente. Independente do povo, diga-se. O mesmo tipo de Banco Central que salvou os bancos, mas tem causado dezenas de milhões de desempregados na Europa. Leia Saul Leblon e entenda a proposta econômica de Marina.

Procure algum país onde o tal Banco Central independente tenha tornado o povo mais próspero e mais e feliz. E reduzido as desigualdades. Concordo com Osmarina, ou com a ex-Marina: bancos só querem lucros vorazes.

E os mais de R$ 18 Bilhões de autuação que o Itaú tem da Receita Federal? Marina vai cobrar, se eleita? Pois é dinheiro que o Itaú teria sonegado do povo, a quem o dinheiro pertence.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.