quinta-feira, 6 de março de 2014

Conferências Municipais de Defesa Civil mobilizam interior sergipano

CANINDÉ, SergipeCom o objetivo de promover a participação, o controle social e a integração das políticas públicas relacionadas à Defesa Civil, tendo como foco o fortalecimento da cultura preventiva e a implementação de novos paradigmas para a proteção e Defesa Civil, os municípios sergipanos deram início à realização das Conferências Municipais de Proteção e Defesa Civil, que irão culminar na 2ª Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil, prevista para acontecer de 27 a 30 de maio de 2014, em Brasília.

por ASN, da redação


Em Sergipe, 31 municípios já se comprometeram a realizar a conferência municipal/intermunicipal, sendo que 18 deles já passaram por essa etapa preparatória. Com o tema ‘Proteção e Defesa Civil: novos paradigmas para o Sistema Nacional’, as conferências estão discutindo a Gestão integrada de riscos e resposta a desastres; a Integração de políticas públicas relacionadas à Proteção e Defesa Civil, a Gestão do conhecimento em Proteção e Defesa Civil; e a Mobilização e promoção de uma cultura de Proteção e Defesa Civil na busca de Cidades Resilientes.

O Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides), acompanha o processo de realização das conferências em Sergipe, dando suporte às discussões acerca dos eixos temáticos.

Para o secretário executivo do Depec, Tenente-coronel Gilfran Mateus, as Conferências são de extrema importância porque envolvem a sociedade nas discussões e na construção de políticas públicas de Proteção e Defesa Civil. “É fundamental que a população faça parte dos debates relacionados à Proteção e Defesa Civil, avaliando as ações desenvolvidas na área e propondo novas formas de atuação, fortalecendo, dessa forma, o Sistema Nacional de Defesa Civil. O momento também é propício para reforçar a cultura preventiva e implantar o conceito de cidades resilientes, que são aquelas que conseguem se reerguer diante dos impactos”.

Após a realização das conferências municipais, os temas serão debatidos em âmbito estadual, durante a 2ª Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil, marcada para o dia 8 de abril e que contará com a presença de representantes municipais. Durante a etapa estadual serão elaboradas propostas para a construção da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, a serem apresentadas e defendidas na Conferência Nacional pelos 42 delegados eleitos na etapa estadual de Sergipe.

Fonte: ASN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.