quinta-feira, 11 de abril de 2013

Chamada pública destinará R$ 1,1 milhão para projetos voltados a comunidades de matriz africana

Imagem/Divulgação
CANINDÉ, Sergipe - O fortalecimento institucional das entidades representativas dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana no Brasil é o foco da chamada pública n° 001/2013, lançada pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e publicada na última sexta-feira (5), no Diário Oficial da União. O edital é voltado a instituições privadas sem fins lucrativos e vai disponibilizar R$ 1,1 milhão para propostas que também tenham como objetivo promover e divulgar a cultura e os valores civilizatórios dos povos e comunidades tradicionais.

Por Secretaria Nacional de Juventude

O prazo para o envio de propostas é até 31 de maio de 2013. Serão contempladas quatro linhas temáticas: Capacitação; Educação Ambiental; Práticas Tradicionais Alimentares e de Saúde; e Intercâmbio e Fortalecimento Cultural. As instituições proponentes devem ser cadastradas, credenciadas e apresentar proposta no Portal de Convênios - Siconv (www.convenios.gov.br).

O lançamento da chamada pública é uma das metas previstas no I Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável para Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana, lançado em janeiro, como resultado de uma ação interministerial e intersetorial coordenada pela Seppir, visando ao combate ao racismo e à defesa da ancestralidade africana no Brasil.

Acesse o edital em www.seppir.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.