sábado, 16 de fevereiro de 2013

COTAS: 62% dos brasileiros aprovam

Imagem da internet
CANINDÉ, Sergipe - Pesquisa Ibope encomendada pelo Estadão revela que aprovação a cotas para estudantes negros é menor do que para a de alunos pobres e estudantes de escolas públicas; isso mesmo entre os próprios negros; rejeição é maior entre brancos, graduados e de classes A e B.

Por Brasil 247

Levantamento realizado pelo Ibope revela que 62% dos brasileiros apoiam que sejam implementadas três tipos de cotas em universidades públicas: para negros, para pobres e para alunos de escolas públicas. De acordo com a pesquisa, encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo, são quase dois em cada três brasileiros que defendem o benefício.

Enquanto isso, 16% são contra qualquer tipo de cota. Do restante, 5% não souberam responder ou então são favoráveis a dois tipos de cotas, mas contra o terceiro. Destaca-se aqui os 12% que apoiam o mecanismo para estudantes pobres e de escolas públicas, mas são contra a implementação para negros.

No entanto, o grau de apoio se altera de acordo com as características do entrevistado: renda, região, cor da pele e grau de escolaridade. As cotas para estudantes negros, por exemplo, recebem menos apoio (64%) se comparadas às outras duas, referentes à origem escolar (77%) e à renda do aluno (77%). Isso mesmo considerando apenas os entrevistados negros.

A rejeição aos três tipos de cotas é maior entre entrevistados brancos, entre brasileiros de classe social A e B, entre pessoas que cursaram faculdade e das regiões Norte e Centro-Oeste. Leia aqui a íntegra da reportagem sobre a pesquisa.

Fonte: Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.