terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Blog: Fórum de Fortalecimento das Mídias em Sergipe


Canindé, Sergipe – A sociedade organizada tem um papel fundamental na condução do processo de desenvolvimento social, econômico e político. Sua importância está ligada ao fato de a mesma ter em suas mãos o poder de organização, empoderamento, e a partir de então, transformando-se em um poder que "emana do povo". A internet através dos Blogs e Redes Sociais estão cada vez mais impulsionando a quebra de paradigma. Confira o artigo do jornalista social, Adeval Marques, que fala sobre a realização do "Primeiro Fórum de Debates e Fortalecimentos das Mídias Sociais em Sergipe – Alto Sertão”.


Valdir Inácio
Graduando em Gestão Pública e Blogueiro


Adeval Marques
Em Canindé de São Francisco, município com 10 milhões de reais de arrecadação mensal, estamos falando só dos Royalties gerados pela energia das turbinas da usina hidroelétrica de Xingó fora os convênios pactuados com o Estado e Federação, é urgente que o desenvolvimento intelectual do povo e da região, como num todo, aconteça a passos largos. Com vistas a essa situação é fundamental o fortalecimento das mídias locais por parte de todos que se propõe a fazerem “comunicação social”, e o que é isso? 

“Canindé produz sua própria informação e não deixa a desejar em nada”. Depois do advento da criação da Rede Mundial de Computadores (Internet) a ferramenta dos softwares que colocam em um só sítio (espaço cibernético) várias pessoas com gostos comuns ou não para compartilhar entre elas e o mundo informações, debates, imagens e arquivos, onde pode ser promovidas também organizações e reuniões, fez surgir um meio de comunicação que está deixando antigas redes de jornais a nível de mundo, a exemplo da BBC de Londres, New York Times, Al Jazira, Le Monde e tantas outras de “cabelos em pé”. Jornais impressos não acompanham a velocidade de informação produzida na internet através de sites e tantas redes sociais e também os formatos de páginas pessoais do tipo blog produzem informação instantaneamente. Colocar uma informação na rede e disseminá-la custa apenas, no máximo com uma conexão boa, três minutos ou menos. As “Redes Sociais” fazem parte da “imprensa livre”. 

Foi-se o tempo em que a notícia local era feita fora de Canindé onde ela, muitas vezes, era “manipulada”, “enlatada” como em “caixas de sardinha” de acordo com “interesses” ou “situações” a serviço de “figuras” do cenário político local ou do Estado. Nós não podemos mais aceitar situações assim. Estamos produzindo nossa própria notícia com ética, responsabilidade, verdade e imparcialidade. Quem não se adaptar perderá crédito perante a sociedade. 

A questão é de tal reflexão que uma comissão está sendo formada para promover o "Primeiro Fórum de Debates e Fortalecimentos das Mídias Sociais em Sergipe – Alto Sertão” onde esse fórum começará por Canindé de São Francisco podendo expandir-se para outras cidades onde continuaríamos as jornadas de debates e fortalecimento. 

Os trabalhos na linha de pensamento já estão conclusos onde a ideia inicial é a balística que determina todas as demais articulações na finalidade do acontecimento do evento. O evento contará com a participação de intelectuais, sociólogo, historiador, jornalistas, radialistas e comunicadores sociais de todas as classes da sociedade civil e organizada além da presença de representantes dos três locais: Executivo, Legislativo e Justiça. O evento também estará sendo disseminado em várias outras mídias como blogs, redes sociais, emissoras de rádio e até televisão. A parceria com alguns já foram firmadas a exemplo de outras cidades e toda a sociedade estará convidada. 

Uma comissão está sendo formada onde serão discutidas ideias, pensamentos e elaboração de um projeto que garantirá a boa condução e organização do evento. Estimamos que o evento possa acontecer entre janeiro à março de 2013 como já foi sugerido por um dos possíveis coordenadores do evento. 

Os temas serão, além de outros a serem inseridos: 

  1. A história da mídia/comunicação e jornalismo no Brasil; 
  2. A Ditadura Militar e Mídia; 
  3. Liberdade de Expressão e Pensamento antes e na atual sociedade; 
  4. O papel da imprensa; 
  5. O papel do Comunicador Social, Jornalista Cidadão; 
  6. A participação da sociedade civil e organizada como reflexo na situação: prismas... 
  7. Lei de Acesso a Informação Pública; 
  8. Outras... 
Dessa forma a sociedade se fortalece, entrelaçadamente, através da própria mídia local e externa que se apoiam comumente formando a “Social Media Sergipe” onde a presença de sites, blogs, rádios comunitárias e privadas estarão juntas e em cadeia. É audacioso? Sim, contudo, não utopia, pois o mundo é feito de ideias que fazem com que as sociedades se organizem em prol do bem estar de tudo que é concernente a esse ambiente chamado de sociedade. Para acontecer é preciso da parceria de todos.

Adeval Marques
revistacaninde.blogspot.com

2 comentários:

  1. Caro Valdir Inácio: Vários emails de fora do município já estão chegando para saber e afirmar a intenção de compararecer. A gradecemos a publicação do nosso artigo em seu blog que vem ganhando espaço dentro e fora da mídia. Como o próprio nome sugere, trata-se de um fórum/seminário sobre mídias sociais haja visto o crescimento dos blogs no mundo e no qual Sergipe, Canindé, está inserido dentro desse processo. Queremos agradecer também a sua presença como um participantes interessados na causa o enquanto blogueiro e fazendo o papel de jornalista cidadão. Para conhecimento de todos: Gostaria de informar que o atributo "Jornalista Cidadão" e "Comunicar Social" pertence a qualquer um que promova informação para a mudança de uma realidade social, causa, trabalho ou efeito, desde que com ética, responsabilidade, verdade e imparcialidade diante do fato. Obrigado Valdir e vamos fortalecer a causa.

    ResponderExcluir
  2. Caro Adeval Marques, essa iniciativa que nasce do seu intelecto é de extrema relevância para o fortalecimento dos blogs canindeenses e também do Estado de Sergipe. Esse evento promete e entrará para a história das mídias sociais de nosso Estado.

    ResponderExcluir

Amigo/a, agradecemos pela sua visita e comentário.